Publicações

A IMPORTÂNCIA DO ACOLHIMENTO NO PROCESSO DE TRABALHO NA ESTRATÉGIA DA SAÚDE DA FAMÍLIA
Download da publicação

Especificação



Titulo :

A IMPORTÂNCIA DO ACOLHIMENTO NO PROCESSO DE TRABALHO NA ESTRATÉGIA DA SAÚDE DA FAMÍLIA

Resumo :

O acolhimento constitui uma forma de humanizar e organizar o trabalho em saúde, indo ao encontro das propostas do Programa Saúde da Família (PSF). Esta pesquisa teve como objetivo descrever como o acolhimento vem sendo desenvolvido na ESF Santo Antonio, localizada no município de Deodapólis, MS. A pesquisa foi realizada nos meses de março e abril de 2012 através de observação realizada nesta unidade de saúde pela pesquisadora. Denotou-se que o serviço de acolhimento da ESF Santo Antonio apresentou algumas impossibilidades para o atendimento das necessidades dos pacientes, devido à falta da implantação de uma estratégia de acolhimento na unidade de saúde. Conclui-se que as equipes de saúde dos ESF deveriam desenvolver um trabalho de acolhimento para o estabelecimento de uma nova relação entre os profissionais da equipe de saúde e a clientela da comunidade, onde estes priorizem as atividades para o estabelecimento de ações humanizadoras, com técnicas aptas e com intersetorialmente articuladas.

Autores :

ANTONIA GESCINILDA GOMES ALVES

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: antonia_gescinilda@hotmail.com

REALIZAÇÃO DE EXAME CITOPATOLÓGICO DO COLO UTERINO
Download da publicação

Especificação



Titulo :

REALIZAÇÃO DE EXAME CITOPATOLÓGICO DO COLO UTERINO

Resumo :

A estratégia de saúde da família (ESF) tem o objetivo de reorganizar o sistema de saúde a partir da atenção primária, introduzindo novos princípios com foco na prevenção e promoção de saúde, desempenhado assim um papel fundamental na prevenção e controle do câncer de colo de útero e nas demais ações voltadas para a saúde da mulher. Diante disso a ESF adota a realização da coleta do exame citopatológico do colo com a finalidade de detecção precoce do carcinoma cervical uterino. A realização do exame é muito simples na qual realiza o esfregaço da ectocérvice e endocérvice. Neste sentido, o presente estudo tem como objetivo descrever quantas mulheres realizam o exame citopatológico do colo uterino, pois, é o método de rastreamento universal para o câncer de colo uterino. Trata-se de uma pesquisa documental descritivo realizado na unidade da Estratégia de Saúde São Francisco do município de Costa Rica - MS, utilizando como fonte de dados os prontuários de mulheres que participam do grupo de bordado e que realizaram o exame citopatológico do colo uterino no ano de 2009, 2010 e 2011. Percebe-se ao final desse que as medidas educativas são extremamente importantes, pois, as mulheres necessitam de orientação quanto a sua saúde, tão fundamental para sua qualidade de vida.

Autores :

GABRIELLE SILVÉRIO DOS SANTOS BRITO

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: centrosaude@hotmail.com

REALIZAÇÃO DE EXAME CITOPATOLÓGICO DO COLO UTERINO
Download da publicação

Especificação



Titulo :

REALIZAÇÃO DE EXAME CITOPATOLÓGICO DO COLO UTERINO

Resumo :

A estratégia de saúde da família (ESF) tem o objetivo de reorganizar o sistema de saúde a partir da atenção primária, introduzindo novos princípios com foco na prevenção e promoção de saúde, desempenhado assim um papel fundamental na prevenção e controle do câncer de colo de útero e nas demais ações voltadas para a saúde da mulher. Diante disso a ESF adota a realização da coleta do exame citopatológico do colo com a finalidade de detecção precoce do carcinoma cervical uterino. A realização do exame é muito simples na qual realiza o esfregaço da ectocérvice e endocérvice. Neste sentido, o presente estudo tem como objetivo descrever quantas mulheres realizam o exame citopatológico do colo uterino, pois, é o método de rastreamento universal para o câncer de colo uterino. Trata-se de uma pesquisa documental descritivo realizado na unidade da Estratégia de Saúde São Francisco do município de Costa Rica - MS, utilizando como fonte de dados os prontuários de mulheres que participam do grupo de bordado e que realizaram o exame citopatológico do colo uterino no ano de 2009, 2010 e 2011. Percebe-se ao final desse que as medidas educativas são extremamente importantes, pois, as mulheres necessitam de orientação quanto a sua saúde, tão fundamental para sua qualidade de vida.

Autores :

GABRIELLE SILVÉRIO DOS SANTOS BRITO

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: centrosaude@hotmail.com

REALIZAÇÃO DE EXAME CITOPATOLÓGICO DO COLO UTERINO
Download da publicação

Especificação



Titulo :

REALIZAÇÃO DE EXAME CITOPATOLÓGICO DO COLO UTERINO

Resumo :

A estratégia de saúde da família (ESF) tem o objetivo de reorganizar o sistema de saúde a partir da atenção primária, introduzindo novos princípios com foco na prevenção e promoção de saúde, desempenhado assim um papel fundamental na prevenção e controle do câncer de colo de útero e nas demais ações voltadas para a saúde da mulher. Diante disso a ESF adota a realização da coleta do exame citopatológico do colo com a finalidade de detecção precoce do carcinoma cervical uterino. A realização do exame é muito simples na qual realiza o esfregaço da ectocérvice e endocérvice. Neste sentido, o presente estudo tem como objetivo descrever quantas mulheres realizam o exame citopatológico do colo uterino, pois, é o método de rastreamento universal para o câncer de colo uterino. Trata-se de uma pesquisa documental descritivo realizado na unidade da Estratégia de Saúde São Francisco do município de Costa Rica - MS, utilizando como fonte de dados os prontuários de mulheres que participam do grupo de bordado e que realizaram o exame citopatológico do colo uterino no ano de 2009, 2010 e 2011. Percebe-se ao final desse que as medidas educativas são extremamente importantes, pois, as mulheres necessitam de orientação quanto a sua saúde, tão fundamental para sua qualidade de vida.

Autores :

GABRIELLE SILVÉRIO DOS SANTOS BRITO

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: centrosaude@hotmail.com

EDUCAÇÃO EM SAÚDE AOS INDIVÍDUOS PORTADORES DE HIPERTENSÃO ARTERIAL-AÇÕES NA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA.
Download da publicação

Especificação



Titulo :

EDUCAÇÃO EM SAÚDE AOS INDIVÍDUOS PORTADORES DE HIPERTENSÃO ARTERIAL-AÇÕES NA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA.

Resumo :

Resumo Dentre os problemas de saúde que mais afligem com mais frequênciaà vida deindivíduos em diversas populaçõessão os problemas cardiovasculares, dentre os quais, uma das principais causas de altos índices de mortalidade é a hipertensão arterial sistêmica (HAS), que representa grave problema de saúde.O presente estudo teve como objetivo realizar um programa de educação em saúde voltado aos indivíduos portadores de Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) cadastrados na Equipe de Saúde da Família III- Bom Futuro (ESF III), localizada no município de Sonora- MS, buscando modificações no comportamento e hábitos de vida desses indivíduos.O estudo foi realizado em 100 indivíduos na faixa etária entre 40 e 65 anos por apresentarem assiduidadefrente aotratamento e por não apresentarem outros fatores de risco. Os resultados apontaram fatores de risco para HAS em grande parte pelo predomínio de excesso de peso e pelo alto consumo de sódio, caracterizando essa população com alta somatória para problemas cardiovasculares. Porém a implantação do programa frente aos profissionais de saúde auxiliou para a queda dos níveis pressóricos da pressão e a mudança de estilo de vida, tendo a necessidade de medidas educativas que influenciem em mudanças dehábitos alimentares tanto para o controle de fatores de risco da hipertensão arterial,quanto para a prevenção de futuras complicações e para promoção de uma melhorqualidade de vida para estes indivíduos

Autores :

MARCIA MARIKO ASANO

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: marciamarikoasano@hotmail.com

REDE DE CONVERSAÇOES ENTRE A EQUIPE DE SAÚDE DA FAMÍLIA INDIGENA E EQUIPE DE SAÚDE DA FAMÍLIA URBANA. DO MUNICÍPIO DE JAPORÃ.
Download da publicação

Especificação



Titulo :

REDE DE CONVERSAÇOES ENTRE A EQUIPE DE SAÚDE DA FAMÍLIA INDIGENA E EQUIPE DE SAÚDE DA FAMÍLIA URBANA. DO MUNICÍPIO DE JAPORÃ.

Resumo :

Este Trabalho de Conclusão de Curso vem apresentar o Projeto de Intervenção ?Rede de conversações entre a Equipe de Saúde da Família indígena e Equipe de Saúde da Família urbana do município de Japorã/MS, realizado por profissionais da Equipe Multidisciplinar contratadas pela Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI), atuantes no Pólo Base de Iguatemi/MS, na comunidade a quem a Equipe presta atendimento, Aldeia Porto Lindo, pertencente ao município de Japorã/MS. Ampliar a capacidade de dialogo e intervenção das Equipes de Saúde da Família Indígena e Urbana com o propósito de melhorar o atendimento a comunidade nas aldeias e na cidade, tem propiciado mudanças das praticas e processo de saúde no município e na aldeia. Constituindo uma rede de conversações intra e intersetorialmente na rede de Saúde de Jápora.

Autores :

CECILIA HELENA CASEIRO OLIVEIRA

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: cecihco@hotmail.com

PAPEL DA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA NA CONSCIENTIZAÇÃO DOS HIPERTENSOS E DIABÉTICOS NA ADESÃO AO TRATAMENTO
Download da publicação

Especificação



Titulo :

PAPEL DA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA NA CONSCIENTIZAÇÃO DOS HIPERTENSOS E DIABÉTICOS NA ADESÃO AO TRATAMENTO

Resumo :

Este trabalho visa a implantação de um projeto de intervenção na comunidade, buscando promover a adesão de diabéticos e hipertensos ao tratamento medicamentoso e não medicamentoso de suas patologias, assim como conscientizar a população da importância do uso correto e contínuo.

Autores :

JANAINA SOARES PIMENTEL

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: janipimentel@hotmail.com

PROMOçãO DA SAúDE BUCAL DE BEBêS E O GRAU DE CONHECIMENTO DE SUAS MãES.
Download da publicação

Especificação



Titulo :

PROMOçãO DA SAúDE BUCAL DE BEBêS E O GRAU DE CONHECIMENTO DE SUAS MãES.

Resumo :

Os pais são os responsáveis pelos primeiros cuidados com a saúde bucal de seus filhos e com a incorporação de hábitos saudáveis visando à prevenção de doenças de origem odontológica, como as cáries, gengivites e seus agravos. Este estudo teve como objetivo determinar a relação entre o conhecimento em saúde bucal que as mães possuem e o que elas aplicam desse conhecimento na prática com seus bebês. Um questionário contendo perguntas objetivas sobre saúde bucal na primeira infância e dados socioeconômicos foi aplicado a 21 mães de bebês de 0 a 36 meses de idade, pertencentes à área adscrita da equipe 14, da UBSF Edson Quintino Lopes, Jd. Itamaracá, Campo Grande ? MS. Após a análise dos dados obtidos, verificou-se que as mães possuíam razoável conhecimento sobre odontologia, porém na prática não conseguiam aplicar o que sabiam em seus bebês porque eles choram e não abrem a boca para realizar a higiene bucal. Conclusão: Há a necessidade de implementar programas de educação continuada não somente sobre o tema odontologia, mas também de outras áreas do conhecimento, como a psicologia para auxiliar as mães no trato com seus bebês.

Autores :

DANIELLE KOHARA MELCHIOR

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: daniellemelchior@yahoo.com.br

ARI FERREIRA DE CASTRO FILHO
Download da publicação

Especificação



Titulo :

ARI FERREIRA DE CASTRO FILHO

Resumo :

A doença periodontal é a complicação bucal mais significativa do Diabetes Mellitus Tipo 2 (DM2) e a sexta complicação clássica do diabetes, sendo o biofilme dental, o grande precursor deste problema. O DM2 pode influenciar negativamente as doenças periodontais, dificultando seu controle, da mesma forma, as doenças periodontais podem também influenciar o controle metabólico da glicose no diabético. Este fator bidirecional explica alguns casos de dificuldade de estabilização glicêmica ou das doenças periodontais. Na unidade de saúde, a presença dos dentistas nos grupos operativos da Diabetes, constitui fator significativo para a redução da prevalência das periodontias nestes pacientes, favorecendo inclusive o controle da própria doença. Frente à propensão de adquirirem infecções e possibilidade de crises hiperglicêmica, durante o atendimento no consultório odontológico, devemos incluir cuidados a esses pacientes, como antibióticoterapia profilática, consultas de curta duração, controle glicêmico entre outros. Dessa forma, numa perspectiva de integrar/organizar as ações de saúde e fortalecer a equipe de saúde na Estratégia de Saúde da Família do Bairro Paranapungá, em Três Lagoas-MS, este trabalho se dispõe, mediante revisão literária, a cerca da relação entre essas doenças, a criar um protocolo de atendimento odontológico, que permita um planejamento mais adequado dos serviços e que favoreça a integração do trabalho, conduzindo a melhorias reais aos pacientes diabéticos. Palavras-chave: diabetes mellitus, problema periodontal, planejamento, equipe de saúde.

Autores :

ARI FERREIRA DE CASTRO FILHO

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: a_dentalis@hotmail.com

INCENTIVO AO ALEITAMENTO MATERNO EM COMUNIDADES INDÍGENAS DO MUNICÍPIO DE SIDROLÂNDIA/MS: ORIENTAÇÕES PARA A EQUIPE DE SAÚDE DA FAMÍLIA
Download da publicação

Especificação



Titulo :

INCENTIVO AO ALEITAMENTO MATERNO EM COMUNIDADES INDÍGENAS DO MUNICÍPIO DE SIDROLÂNDIA/MS: ORIENTAÇÕES PARA A EQUIPE DE SAÚDE DA FAMÍLIA

Resumo :

RESUMO A baixa prevalência de aleitamento materno no Brasil revela que o desmame sofre influências de fatores que tornam imprescindíveis a atuação da equipe de Saúde da Família por meio de estratégias de promoção ao aleitamento materno. A importância e a riqueza da diversidade étnica brasileira e os desafios inerentes a ela são aspectos fundamentais a serem incorporados na prática cotidiana dos profissionais que atuam no âmbito da saúde indígena. Com o objetivo de implantar um manual de apoio à promoção do aleitamento materno aos profissionais de saúde da família, foi realizada uma revisão bibliográfica usando o banco de dados da Biblioteca Virtual de Saúde e os descritores: aleitamento materno e atenção básica. Também foram pesquisadas, em sites de busca, estratégias governamentais voltadas à promoção da saúde da criança, em especial ao aleitamento materno. A busca por referências bibliográficas sobre a problemática do desmame resultou na seleção de estratégias importantes para a promoção e incentivo ao aleitamento materno, tais como: Unidade Básica Amiga da Criança, Dez Passos Para o Sucesso da Amamentação, Protocolo de observação da mamada ? Organização Mundial da Saúde, dentre outras, que foram utilizadas para a composição de ações e estratégias para a elaboração de um manual de orientações para as Equipes de Saúde da Família. Espera-se que o manual ajude os profissionais de saúde na orientação das nutrizes de forma que elas se sintam seguras, amparadas e incentivadas quanto ao aleitamento materno. Palavras-chave: Aleitamento Materno, Atenção Básica, População indígena.

Autores :

FABIOLA MATTE FREITAS

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: matte.almeida@bol.com.br

ASPECTOS DA VISITA DOMICILIAR ODONTOLÓGICA NA ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA
Download da publicação

Especificação



Titulo :

ASPECTOS DA VISITA DOMICILIAR ODONTOLÓGICA NA ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA

Resumo :

Dentre os serviços prestados pela Estratégia Saúde da Família está a visita domiciliar (VD), uma atividade de assistência à saúde exercida junto ao indivíduo, à família e à comunidade. O objetivo deste estudo é evidenciar alguns aspectos da visita domiciliar do odontólogo na Estratégia Saúde da Família. Trata-se de um estudo exploratório descritivo, com abordagem qualitativa, por meio de revisão de literatura. Conclui-se que as visitas domiciliares trazem resultados positivos por prestar assistência a uma parcela da população que normalmente não teria acesso aos serviços de saúde prestados pela Odontologia tradicional. Possibilitam, também, a prevenção e promoção da saúde bucal, além de personalização e humanização do atendimento, garantindo qualidade de vida a estes pacientes

Autores :

LÍCIA LUCIANE DE CARVALHO E CARVALHO

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: liciaccarvalho@hotmail.com

AÇÕES DE PREVENÇÃO E PROMOÇÃO EM SAÚDE BUCAL PARA CRIANÇAS FILHOS DE TRABALHADORES USUÁRIOS DA ESF CENTRAL NO MUNICÍPIO DE ÁGUA CLARA ? MS
Download da publicação

Especificação



Titulo :

AÇÕES DE PREVENÇÃO E PROMOÇÃO EM SAÚDE BUCAL PARA CRIANÇAS FILHOS DE TRABALHADORES USUÁRIOS DA ESF CENTRAL NO MUNICÍPIO DE ÁGUA CLARA ? MS

Resumo :

Este trabalho aborda ações da Odontopediatria sobre a saúde dos filhos de trabalhadores. O objetivo deste trabalho foi realizar ações de prevenção e promoção em saúde bucal para crianças filhos de trabalhadores usuários da ESF Central no município de Água Clara ? MS. Para a concretização dos objetivos propostos primeiramente verificou-se os cuidados em saúde bucal adotados pelos pais trabalhadores em relação aos seus filhos. Através dos dados coletados observou-se que entre as famílias trabalhadoras de Água Clara - MS têm ocorrido aumento crescente da incidência de cárie dentária na faixa etária entre 6 e 14 anos e também um aumento excessivo de cáries rampantes - cárie de mamadeira - na faixa etária de 1 a 4 anos. Constatou-se que pela falta de informação os pais não têm adotado medidas adequadas de prevenção à cárie havendo, portanto, a necessidade de desenvolver ações de educação em saúde bucal infantil voltadas para a promoção da saúde e prevenção de cáries dentárias. Logo após foi elaborado um cronograma de atendimento multidisciplinar para atender integralmente as crianças, filhos de trabalhadores, com faixa etária entre 0 a 12 anos. Assim foram organizadas palestras e reuniões previamente agendadas pelo Assistente Social e Agente Comunitário de Saúde (ACS), as quais foram realizadas nos locais de trabalho (serrarias), nas creches dos filhos dos trabalhadores, na Unidade de Saúde (UBSF) - onde ocorreram as rodas de conversas -, na sala de espera, durante o atendimento odontológico, assim como nas visitas domiciliares. Durante as referidas palestras e reuniões foram trabalhados diferentes temas diretamente relacionados com a saúde bucal, com ênfase nos cuidados necessários para a prevenção da cárie dentária. Denotou-se que os profissionais de saúde precisam conhecer melhor as características socioculturais da população assistida para que realizem uma assistência mais integral, que no caso dos trabalhadores necessitam de um atendimento que ocorram em horários alternativos. Contudo as ações de prevenção e promoção em saúde bucal realizadas nas crianças filhos de trabalhadores usuários da ESF Central no município de Água Clara ? MS mostraram-se eficazes, pois após a intervenção proposta observou-se mudanças favoráveis nos cuidados em saúde bucal.

Autores :

MARIA CANDIDA PIMENTEL GONÇALVES

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: mariacandidaodontoped@hotmail.com

TRATAMENTO DA HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA DOS USUÁRIOS DA ESF CAPÃO BONITO I EM SIDROLÂNDIA-MS: ESTIMULANDO A ADESÃO
Download da publicação

Especificação



Titulo :

TRATAMENTO DA HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA DOS USUÁRIOS DA ESF CAPÃO BONITO I EM SIDROLÂNDIA-MS: ESTIMULANDO A ADESÃO

Resumo :

A Hipertensão Arterial é reconhecida como um importante problema de saúde pública e com alta prevalência. Trata-se de uma doença silenciosa e assintomática dificultando a adesão ao tratamento correto. Somado a isso temos também o baixo nível de informações sobre os riscos da doença dificultando ainda mais esta adesão. O objetivo deste estudo foi estimular a adesão ao tratamento adequado, através da roda de conversa e apresentações sobre os riscos potenciais da doença, apresentados de maneira lúdica. A amostra foi composta de 23 pessoas, de ambos os sexos, com idade entre 30 e 75 anos. A adesão às medidas de controle adequadas (medicação, atividade física e alimentação correta), mostrou-se ineficiente. Por outro lado 91,3% dos participantes mantinham a pressão arterial controlada somente com o uso da medicação. No entanto, só o uso da medicação não é suficiente para melhorar o nível de saúde do hipertenso. Transformando o estímulo a adesão em um importante desafio para a Estratégia de Saúde da Família. Palavras-chave: Hipertensão Arterial. Adesão. Tratamentoadequado.

Autores :

KELLY CRISTINA DE FREITAS CORDEIRO

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: kellynhacordeiro@hotmail.com

PROCESSO DE TRATAMENTO ODONTOLÓGICO DE GESTANTES ADSCRITAS NA EQUIPE 55 DA UBSF IRACY COELHO, CAMPO GRANDE/MS: RELATO DE EXPERIÊNCIA
Download da publicação

Especificação



Titulo :

PROCESSO DE TRATAMENTO ODONTOLÓGICO DE GESTANTES ADSCRITAS NA EQUIPE 55 DA UBSF IRACY COELHO, CAMPO GRANDE/MS: RELATO DE EXPERIÊNCIA

Resumo :

O Ministério da Saúde determina que as equipes de Estratégia de Saúde da Família (ESF) devem realizar ações coletivas as gestantes, e devem garantir o atendimento individual, quando necessário. Em trabalho conjunto com a equipe de saúde, a gestante, ao iniciar o pré-natal, deve ser encaminhada para uma consulta odontológica, que minimamente inclua orientação sobre possibilidade de atendimento durante a gestação, exames intra-orais, identificação de risco à saúde bucal e possível tratamento curativo, além de ênfase em ações educativas e preventivas, pois diagnosticar e tratar doenças bucais que podem comprometer a saúde da mulher e do seu bebê são medidas fundamentais para a garantia de um pré-natal seguro. Consideração a dificuldade local da equipe 55 da UBSF Iracy Coelho em ampliar os padrões de atendimento odontológico ao grupo das gestantes, o presente estudo se baseia na importância do relato da experiência e compartilhamento de quatro anos de trabalho com este grupo de gestantes, demonstrando os aspectos de sucesso da vivência diária, as dificuldades e a melhora progressiva do entendimento em relação aos anseios desta população. Na tentativa de fortalecer o vínculo e de orientar novas práticas, além de promover um atendimento odontológico direcionado para as demandas durante a gestação, foi possível melhorar a adesão ao tratamento odontológico por parte destas gestantes, melhorando assim a qualidade de saúde bucal, o que irá se refletir em seu estado de saúde geral e de seu bebê.

Autores :

DANIELA BROSTOLIN DA COSTA

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: danielabrostolin@hotmail.com

GRAVIDEZ NÃO PLANEJADA: UMA PROPOSTA PARA PREVENÇÃO NA UBSF VILAS INTEGRADAS NO MUNICÍPIO DE AMAMBAI - MS
Download da publicação

Especificação



Titulo :

GRAVIDEZ NÃO PLANEJADA: UMA PROPOSTA PARA PREVENÇÃO NA UBSF VILAS INTEGRADAS NO MUNICÍPIO DE AMAMBAI - MS

Resumo :

Objetivo: O objetivo principal desta pesquisa é descrever como a literatura tem compreendido a gravidez não planejada e o planejamento familiar, a fim de propor ações de intervenção à questão, identificado os fatores causais relacionados ao não planejamento das gestações na ESF Vilas Integradas. Metodologia: Foi pesquisa bibliográfica utilizando os termos gravidez, gestação não planejada e planejamento familiar, com textos publicados a partir do o ano 2000 até o ano vigente. A pesquisa foi no banco de dados Scielo, Lilacs e Google. Os artigos encontrados foram selecionados de forma que se relacionassem com os assuntos citados. Após a leitura dos autores, os conteúdos foram analisados e organizados segundo semelhança dos assuntos que referenciam. Ao final foi elaborada uma proposta de intervenção no território de trabalho, a fim de levar à diminuição do elevado índice de gravidez não planejada. Resultados: Atualmente, a assistência ao planejamento familiar no Município de Amambai não está diferente da situação encontrada em diversos municípios do país, de acordo com os textos lidos, pois é oferecida de forma deficiente pelas equipes ESF ? Estratégia Saúde da Família. Por sua vez, a variedade dos métodos anticoncepcionais é limitada e sua provisão é irregular, percebendo-se, pois, uma distância entre o que está proposto como política e o que é realizado na prática. Portanto, a rede de serviços de planejamento familiar do município não é aceitável, existindo um distanciamento entre o que é determinado pelo Ministério da Saúde e a prática das ESFs. Conclusão: Sugerimos que ações de planejamento familiar ultrapassem o simples ato da entrega de anticoncepcionais e promovam relações familiares, comunitárias e sociais mais saudáveis, com espaços para todos conversarem e trocarem experiências sobre as condições de vida, visando a uma participação ativa do parceiro e de todos os membros da equipe de saúde. Reconhecemos a importância da qualidade desse serviço para as mulheres e casais, a fim de que possam ter uma prática saudável e efetiva como medida de promoção da saúde.

Autores :

KATIA MELO CAVALARI

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: kcavalari@bol.com.br

QUALIDADE DE VIDA DOS IDOSOS HIPERTENSOS ASILADOS APóS REALIZAçãO DE FISIOTERAPIA E CUIDADOS DE ENFERMAGEM EM GRUPO
Download da publicação

Especificação



Titulo :

QUALIDADE DE VIDA DOS IDOSOS HIPERTENSOS ASILADOS APóS REALIZAçãO DE FISIOTERAPIA E CUIDADOS DE ENFERMAGEM EM GRUPO

Resumo :

As questões relativas ao envelhecimento humano têm sido tema de relevante importância, uma vez que, nos países em desenvolvimento, como o Brasil, a estimativa de vida das pessoas tem aumentado de forma significativa. O envelhecimento populacional acelerado no Brasil certamente aumentará o numero de idosos institucionalizados. Baseando-se nesse enfoque, este estudo exploratório descritivo foi desenvolvido em uma instituição asilar no município de Glória de Dourados ? MS, e objetivou caracterizar a qualidade de vida do idoso asilado, identificando seu estado de saúde, níveis de hipertensão arterial, exercícios físicos, momentos de lazer e a qualidade de vida desses idosos. Os resultados mostraram que as instituições necessitam de mais apoio de equipes multi-profissionais como médicos, fisioterapeutas, psicólogos e enfermeiros para proporcionar a melhora na qualidade de vida dos idosos. Conclui-se que, essa temática torna-se relevante para refletir sobre a importância do trabalho de uma equipe multidisciplinar, no processo da construção da qualidade de vida dos idosos em diferentes contextos.

Autores :

ALICE MITSUE ITO

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: aliceito@hotmail.com

IMPLANTAÇÃO DO AGENDAMENTO PROGRAMADO NA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE - SANTO ANDRÉ ? UM RELATO DE EXPERIÊNCIA
Download da publicação

Especificação



Titulo :

IMPLANTAÇÃO DO AGENDAMENTO PROGRAMADO NA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE - SANTO ANDRÉ ? UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

Resumo :

A prática da humanização está diretamente relacionada com a organização do serviço. O agendamento programado possibilita a Equipe realizar um serviço mais eficiente e humanizado, pois estabelece critérios para todos os tipos de atendimento, praticando a equidade e integralidade da assistência, uma vez que os usuários são atendidos de acordo com suas necessidades, sendo necessária para isso à conscientização e educação permanente que se tornou fundamental frente às praticas dos serviços de saúde e vem sendo difundida largamente pelo Ministério da Saúde e pelas instituições de ensino. O acolhimento deve estar integrado dentro dessas ações não fugindo do grande foco que também é de reorganizar o processo de trabalho deslocando o eixo central do médico para uma equipe multiprofissional onde a relação trabalhador-usuário deve se dar por parâmetros humanitários, de solidariedade e cidadania. (BRASIL, 2006) surgindo assim à ideia da implantação do agendamento programado almejando uma melhor eficiência e humanização no atendimento ao usuário dentro da nossa cidade. Palavras chave: humanização, agendamento, acolhimento.

Autores :

ÉVELYN MELO DA CUNHA

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: evelyn.ddos@hotmail.com

GESTÃO PARTICIPATIVA: PRIMEIRAS IMPRESSÕES DE UM PROJETO DE INTERVENÇÃO EM UMA UNIDADE DE SAÚDE DE DOURADOS-MS
Download da publicação

Especificação



Titulo :

GESTÃO PARTICIPATIVA: PRIMEIRAS IMPRESSÕES DE UM PROJETO DE INTERVENÇÃO EM UMA UNIDADE DE SAÚDE DE DOURADOS-MS

Resumo :

Atenção Primária à Saúde (APS) que constitui o primeiro nível de atenção à saúde, tem entre as principais ações o fortalecimento de ações intersetoriais, trabalho em equipe e implementação das diretrizes da política nacional de humanização (PNH) incluindo o acolhimento, (NUNES et al., 2006).; Em visita técnica as unidades, observou-se o quão arraigado está o modelo biomédico e consequentemente a população sendo objeto e não sujeito da atenção.Diante dos achados este Projeto de Intervenção (PI) objetivou contribuir para organização do processo de trabalho em Saúde da família. Nesta este projeto iniciou-se buscando in loco as necessidades emergências sob o olhar da equipe e usuários onde destacou-se: melhorar a ambiência, o acolhimento aos usuários, padronizar e informar a rotina de atividades do trabalho da equipe, fluxograma de atendimento, documentações mínimas necessárias ao atendimento além da divulgação de instrumentos de apoio à equipe e usuário como ouvidoria. O percurso metodológico foi baseado no método do arco criado por Charles Maguerez e apresentado por Bordenave e Pereira (1991) através de cinco etapas: observação da realidade; construção de maquete ou pontos-chave dos problemas; fundamentação teórica do problema; hipóteses de soluções e propostas de soluções e aplicabilidade a realidade e a utilização de metodologias ativas. Ao aprsentar resultados constata-se que os registros através de atas e fotos não permite ilustrar a dimensão deste PI , uma vez que tirou a equipe e comunidade da ?zona de conforto? , percebendo-se uma equipe mais motivada e usuários mais participativos, eliminação da poluição visual nas paredes e melhor utilização de recursos como televisão e vídeo. Conclui-se que muitas ações podem tornar-se realidade se elaboradas com a participação coletiva, porém isso não é sinônimo de facilidade uma vez que quanto mais envolvidos mais complexo se torna um projeto Palavras-chaves: Ambiência, Acolhimento e Gestão Participativa

Autores :

MARCIO GREI ALVES VIDAL DE FIGUEIREDO

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: cab.sems@gmail.com

LEVANTAMENTO DE HIPERTENSOS CADASTRADOS E ACOMPANHADOS NO HIPERDIA NA ESF URBANO II
Download da publicação

Especificação



Titulo :

LEVANTAMENTO DE HIPERTENSOS CADASTRADOS E ACOMPANHADOS NO HIPERDIA NA ESF URBANO II

Resumo :

A hipertensão arterial, dentre as doenças crônicas, apresenta um aumento significativo nas últimas décadas, sendo responsável por um grande número de óbitos em todo o mundo. Este estudo objetivou aumentar o índice de acompanhamento dos pacientes hipertensos no programa HIPERDIA da ESF Urbano II, do município de Terenos. Nesse programa, são acompanhados 15% dos hipertensos cadastrados, porém, é considerado como ideal o acompanhamento de no mínimo 60% desses pacientes. O baixo índice de acompanhamento dos hipertensos do ESF Urbano II no Programa HIPERDIA pode ser devido alguns fatores como: pouca informação da equipe sobre a importância do Programa, falta de interesse sobre a doença pelos usuários, escassez de tempo para o comparecimento no ESF e pouco interesse da equipe em desenvolver o Programa adequadamente. O desenvolvimento correto desse programa poderá favorecer a redução do número de complicações e óbitos dos usuários portadores de hipertensão arterial por doenças cérebro-vasculares, já que as doenças cardiovasculares constituem a principal causa de morbimortalidade na população brasileira. O HIPERDIA é um sistema informatizado que permite cadastrar e acompanhar os portadores de hipertensão arterial, gerando informações para profissionais e gestores. A Atenção Básica tem como um de seus objetivos realizar o acompanhamento de hipertensos na ESF, através de aferição de pressão arterial (PA) e orientações de saúde. Na ESF Urbana II, o acompanhamento dos hipertensos cadastrados no programa é feito através de livre demanda, antes das palestras e consultas médicas e de enfermagem, onde é realizada aferição de pressão arterial, medidas de dados antropométricos e orientações sobre promoção da saúde e prevenção de doenças. Neste projeto de intervenção, as ações realizadas foram o diagnóstico do problema, as reuniões de estudo, a elaboração de ações e duas intervenções na comunidade, que obteve como resultado um aumento no número de acompanhamento de hipertensos no programa Hiperdia. Palavras-chave: Hipertensão Arterial. Saúde da Família. Atenção Básica

Autores :

JULIANE DE MELLO WELTER

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: julianewelter@hotmail.com

ADESÃO AO TRATAMENTO X CONHECIMENTO SOBRE A HIPERTENSÃO ARTERIAL - ANAURILÂNDIA/MS
Download da publicação

Especificação



Titulo :

ADESÃO AO TRATAMENTO X CONHECIMENTO SOBRE A HIPERTENSÃO ARTERIAL - ANAURILÂNDIA/MS

Resumo :

A hipertensão arterial é um grave problema de saúde tanto no Brasil como no mundo (Brasil, 2006). Apresenta custos médicos e socioeconômicos elevados, decorrentes principalmente das suas complicações, tais como: doença cerebrovascular, doença arterial coronariana, insuficiência cardíaca, insuficiência renal crônica e doença vascular de extremidades. Este trabalho descritivo objetivou verificar o nível de conhecimento dos hipertensos do ESFII da cidade de Anaurilândia - MS, no período de 02 de novembro á 15 de dezembro de 2011, onde foram entrevistados 120 hipertensos, sendo 20 de cada microaréa, escolhidos aqueles que participaram das reuniões mensais do programa hiperdia no mínimo cinco vezes no ano, segundo as variáveis;idade,situação conjugal, sexo, escolaridade, renda familiar, situação do domicílio,sintomas que conhecem da hipertensão arterial, conhecimento das complicações, periodicidade que aferem a pressão arterial. Pelos resultados pôde-se concluir a predominância da faixa etária entre 60-79 anos, sexo feminino, situação conjugal com companheiro, escolaridade ensino fundamental incompleto, renda familiar de até um salário mínimo, residindo em casa própria; sintomas da hipertensão que conhecem é a dor na nuca; a complicação é AVE , e somente aferem a pressão arterial quando vão ao médico. Conclui que é possível que um dos motivos dos hipertensos não frequentarem as reuniões pode ser devido à falta de conhecimento da patologia.

Autores :

MURIEL DOS REIS SANTOS VENÂNCIO

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: muriel_venancio@hotmail.com

BUSCA ATIVA DE CRIANÇAS MENORES DE 1 ANO COM ESQUEMA VACINAL ATRASADO DE UMA ESF
Download da publicação

Especificação



Titulo :

BUSCA ATIVA DE CRIANÇAS MENORES DE 1 ANO COM ESQUEMA VACINAL ATRASADO DE UMA ESF

Resumo :

O estudo objetivou analisar o baixo índice das metas de imunização das crianças menores de 1 ano da ESF Vila Operaria, a partir de dados detectados do API e SIAB, avaliando esses dados surgiu então a preocupação com as infecções que podem afetar as crianças desta comunidade. Após reunião com a enfermeira coordenadora da unidade, realizou-se planejamento para que toda equipe assuma o compromisso de educar a população frente ao enfrentamento do problema. Incluindo implementação de ações para manter as crianças imunizadas em seu primeiro ano de vida dentro do que é preconizado pelo Ministério da Saúde. Verificou-se um número substancial de crianças menores de um ano não imunizadas, pois as mesmas fazem as primeiras doses de vacina e não retornam a ESF para completar o esquema, fato preocupante, uma vez que, para uma pessoa estar imune é necessário que termine o esquema vacinal. A avaliação confere a coordenação municipal entendimento relevante para o desenvolvimento de estratégias, estruturação e planejamento de ações que possam ser desenvolvidas pelas ESF, bem como da equipe multidisciplinar, assim haverá resultados positivos em um curto espaço de tempo.

Autores :

OLAVINDA DE SOUSA

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: olavind@hotmail.com

PROTOCOLO: ACOLHIMENTO COM CLASSIFICAÇÃO DE RISCO
Download da publicação

Especificação



Titulo :

PROTOCOLO: ACOLHIMENTO COM CLASSIFICAÇÃO DE RISCO

Resumo :

RESUMO Este trabalho tem por finalidade a elaboração de um protocolo de classificação de risco e acolhimento nas Unidades de Saúde, com intento de reorganização da prestação dos serviços de saúde e no processo de atendimento na porta de entrada das Estratégias de Saúde da Família (ESF). Com base na adoção deste protocolo de risco no atendimento, busca-se uma maior resolutividade e melhor acompanhamento aos pacientes na atenção básica. De acordo com a política de humanização proposta pelo Ministério da Saúde, houve também a necessidade de rever a forma de acolhimento e assistência prestada aos pacientes, que não se encontravam inclusos e inseridos em grupos prioritários, com dificuldade no acesso aos serviços de modo eficaz e com qualidade esperada. O trabalho foi realizado através de revisão bibliográfica, com ele esperamos uma mudança no atendimento prestado aos usuários, priorizando a atenção aos agravos, não por ordem de chegada, mas por grau de urgência, atendendo com mais agilidade a quem apresenta um quadro de maior risco.

Autores :

NAIARA RIBEIRO DE FREITAS

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: naiararfreitas@hotmail.com

REDE DE CONVERSAÇOES
Download da publicação

Especificação



Titulo :

REDE DE CONVERSAÇOES

Resumo :

Este Trabalho de Conclusão de Curso vem apresentar o Projeto de Intervenção ?Rede de conversações entre a Equipe de Saúde da Família indígena e Equipe de Saúde da Família urbana do município de Japorã/MS, realizado por profissionais da Equipe Multidisciplinar contratadas pela Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI), atuantes no Pólo Base de Iguatemi/MS, na comunidade a quem a Equipe presta atendimento, Aldeia Porto Lindo, pertencente ao município de Japorã/MS. Ampliar a capacidade de dialogo e intervenção das Equipes de Saúde da Família Indígena e Urbana com o propósito de melhorar o atendimento a comunidade nas aldeias e na cidade, tem propiciado mudanças das praticas e processo de saúde no município e na aldeia. Constituindo uma rede de conversações intra e intersetorialmente na rede de Saúde de Jápora.

Autores :

ADRIANA KAIPER

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: adrianakaiper@hotmail.com

A SENSIBILIZAÇÃO DE USUÁRIOS ACERCA DA IMPORTÂNCIA DA PREVENÇÃO E PROMOÇÃO QUE A ESTRATÉGIA EM SAÚDE DA FAMÍLIA JARDIM DAS FLORES TEM A OFERECER...
Download da publicação

Especificação



Titulo :

A SENSIBILIZAÇÃO DE USUÁRIOS ACERCA DA IMPORTÂNCIA DA PREVENÇÃO E PROMOÇÃO QUE A ESTRATÉGIA EM SAÚDE DA FAMÍLIA JARDIM DAS FLORES TEM A OFERECER NO MUNICÍPIO DE APARECIDA DO TABOADO-MS.

Resumo :

Este trabalho é o relato de um projeto de intervenção que tem por objetivo estimular na população residente na área de atuação da ESF Jardim das Flores, a adesão às atividades educativas de promoção e prevenção em saúde, realizadas pela Unidade de Saúde da Família ? do Jardim das Flores e pelo Núcleo de Apoio a Saúde da Família (NASF) no município de Aparecida do Taboado, pois já é de longa data que se apresenta uma grande dificuldade em realizar e manter atividades preventivas de educação em saúde em nossa cidade, apresentando alto índice de rejeição destas atividades por parte da população. Acreditamos que esta rejeição tem como um dos fatores responsáveis o desconhecimento por parte da população do real papel preventivo do Programa de Saúde da Família. Conclui-se que com atividades educativas simples e que respeitem a singularidade e as características socioculturais de nossos usuários podemos alcançar algum grau de entendimento e aceitação de atividades preventivas de educação em saúde, visando uma maior resolutividade na atenção básica da saúde pública. Palavras ? chave: prevenção, ação educativa, educação em saúde.

Autores :

CAMILA CRISTINA DA SILVA BARRETO

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: camilabarreto4@hotmail.com

CLINICA AMPLIADA NA SAÚDE BUCAL: RELATO DE EXPERIÊNCIA NA SAÚDE INDÍGENA
Download da publicação

Especificação



Titulo :

CLINICA AMPLIADA NA SAÚDE BUCAL: RELATO DE EXPERIÊNCIA NA SAÚDE INDÍGENA

Resumo :

Ao desenvolver e descrever esse relato de experiência, optou-se por um referencial sob ótica de uma clínica ampliada na saúde bucal, partindo-se da observação analítico-reflexiva, onde a busca por fatores desencadeantes e determinantes, tornam-se tão mais preciosos do que a própria ?cura?. Com o objetivo de evidenciar especificidades clínicas particularizadas à área adscrita, relatar ações de acolhimento e humanização, detalhar processos evolutivos para o tratamento efetivo da enfermidade, foram condicionamentos que possibilitou demonstrar, as cumplicidades e comprometimentos durante as operações da equipe multidisciplinar da saúde indígena ? EMSI, no tratamento integrado entre UBS e unidade hospitalar municipal para corresponder as efetividades no combate, manutenção e controle da Doença Periodontal Necrosante.- DPN. A clinica ampliada, como forma ?orientadora?, das articulações desse projeto, foi de suma importância, durante a condução e operacionalização, para o raciocínio lógico e mesmo empírico em todas as fases do desenvolvimento ou seja antes, durante e na finalização do processo.

Autores :

RUBENS ITIRO AKAMINE

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: rubensitakam@gmail.com